Fazendas para INVESTIMENTOS em arvores nobres (Madeira de Lei)

Fazendas para produção de madeira nobre.

Padronizamos as espécies florestais a serem plantadas, definindo o manejo que será adotado, deixando quem realmente entende de produção de madeira intervir no campo.

1

Questões sobre o investimento em fazendas madeira nobre

Entendendo o mercado de madeira de lei no Brasil

Há no mercado madeireiro o conceito de que plantar floresta nobre é fácil e muito rentável, basta plantar que com o passar dos anos as árvores estarão grandes e muito volumosas.

Mas na realidade não é bem assim.

Imagine um investidor que decida plantar madeira nobre em sua propriedade rural. É uma excelente decisão, mas quem irá cuidar? Qual o custo de montar uma equipe?

Serão tantas decisões ao longo do ciclo da madeira como, por exemplo, como fazer as podas quando as árvores começarem a soltar a galhada? Quantas árvores retirar no 1º desbaste por volta do 6º e 7º ano? E no desbaste do 10º ao 12º ano do plantio, quantas árvores deixar para o corte final?

Fazendas para INVESTIMENTOS em arvores nobres (Madeira de Lei)

 

A Forte Florestal atua justamente para auxiliar o investidor que deseja plantar sua floresta de madeira nobre. Nós padronizamos as espécies florestais a serem plantadas e definimos o manejo florestal que será adotado.

O objetivo é deixar quem realmente entende de produção de madeira intervir no campo.

 

2

Sobre a segurança no investimento de Madeira Nobre

Quando plantar madeira nobre é um investimento SEGURO.

Foi isso que fizemos. Decidimos aplicar qualidade em cada etapa do processo, desde a importação das sementes, produção das mudas, técnicas de plantio, um manejo de excelência, adaptação às mais diversas situações e foi assim que o projeto foi se desenvolvendo até os dias de hoje.

O ponto principal desta parceria entre o investidor e a Forte Florestal é que toda a madeira produzida será, até a venda final, do investidor.

Em nenhum momento há a intenção de que a Forte Florestal compre a madeira, beneficie e venda obtendo a maior parte do lucro.

Somos prestadores de serviço, nesta etapa atual estamos implantando as florestas, num segundo momento entrará a etapa dos cortes e da serraria e, por fim, a etapa da venda da madeira. Sempre com a Forte Florestal prestando serviço e o dono da madeira, o investidor, destinatário de toda a valorização do produto.

Com essa ideia se ressalta cada vez mais o conceito de parceria. Nós temos todo o interesse em produzir o máximo possível de madeira, pois afinal, será sobre esse volume de madeira produzida que nós iremos executar o serviço, ou seja, seremos remunerados.

Da mesma forma, quanto maior o volume de madeira produzido, maior a remuneração para o investidor, fica ótimo para as duas partes. E assim, a estrutura do Projeto foi montada, cada investidor, independente do tamanho do seu investimento, faz parte de um grupo maior. A Forte Florestal, que comanda este grupo maior, deverá executar todos os serviços de corte, colheita e transporte, beneficiamento da madeira e toda a negociação de venda para o investidor.

O volume de madeira produzido e as características da produção nos garantirão força nas negociações de venda, pois o que o grande comprador de madeira busca é: qualidade no plantio, padronização do manejo e principalmente garantia de frequência nas entregas. Isso é exatamente o que teremos no polo de produção de madeira no Vale do Ribeira.

3

Estrutura em crescimento para plantarmos em sua fazenda

Em 2017 decidimos desenvolver uma nova estrutura de produção de madeira nobre localizada na região de Boituva, no interior do estado de São Paulo. A estrutura é um pouco diferente, pois não realizamos o plantio em uma única localidade, numa única cidade, mas sim prestamos o serviço de plantio e manutenção do plantio para os investidores que já tenham sua propriedade.

A ideia inicial era a de plantarmos apenas para os produtores localizados no Estado de São Paulo, mas já estamos nos ajustando para as novas demandas.

 

 

A diferença básica entre este novo modelo de produção e o Vale do Ribeira é que no momento dos desbastes e no corte final faremos um “pré beneficiamento” das toras produzidas na própria floresta e encaminharemos esta madeira para ser finalizada em nossa serraria no polo do Vale do Ribeira, ou seja, teremos esta nova produção de madeira somado à produção do Vale do Ribeira, nos tornando ainda mais fortes.

Até onde vamos chegar? Temos terras disponíveis, mão de obra qualificada, estrutura com potencial de crescimento, investidores interessados e principalmente demanda reprimida por madeira de qualidade. Por isso, acreditamos que teremos um longo caminho pela frente.

 

Entre em contato conosco para mais informações. Nossa equipe de atendimento está sempre de prontidão!

CONTATO